ERP para ecommerce: como melhorar o controle de estoque

ERP para ecommerce

Com o crescimento das lojas virtuais, o ERP para ecommerce ganhou um papel ainda mais importante. Afinal, é elemento essencial para ajudar na organização, operação e gestão dos diversos setores de uma empresa de comércio eletrônico, como o estoque.

Pode até parecer simples gerenciar os diferentes processos e áreas do ecommerce. Mas, se a gestão não for eficiente, corre-se o sério risco de naufragar e ver o negócio afundar em meio ao descontrole financeiro, de pedidos, entregas a realizar, contas a pagar, entre outros.

Neste sentido, vale lembrar que o estoque é um dos principais componentes do ecommerce, já que é responsável por garantir a quantidade ideal de produtos. O que assegura a disponibilidade de mercadorias para os clientes, assim como evita altos custos de estocagem com excesso de itens.

Além do que, dentro do estoque no centro de distribuição, são executados uma série de processos desde a entrada do produto até a sua saída. Isso engloba a identificação, rotulagem, realização do inventário, organização, movimentação e localização dentro do armazém até a preparação para as entregas.

Leia também: 7 ações para otimizar a gestão de compras e estoque e superar desafios

Fortalecimento do ecommerce no mercado

Vale destacar que o comércio eletrônico obteve um aumento da demanda do consumidor desde o início do isolamento social e a pandemia do coronavírus. Segundo o estudo do Movimento Compre & Confie, de janeiro a junho, o faturamento do setor cresceu 59,7% em relação ao mesmo período de 2019.

Sem contar que, no relatório da Conversion, o ecommerce no Brasil alcançou, em julho, a marca de 1,29 bilhões de acessos, sendo o 3º melhor mês da história do segmento. 

E a tendência não é ter baixa no movimento. As mudanças no consumo devem elevar em pelo menos R$ 114 bilhões a receita do ecommerce no Brasil até 2024, de acordo com pesquisa da consultoria Kearney.

Ou seja, para quem quer destacar a sua loja virtual em meio à situação atual de necessidade maior do consumidor e crescente concorrência, é preciso investir em um ERP para ecommerce com foco principalmente em melhorar o controle do estoque.

Qual a importância do ERP para ecommerce?

O sistema de gestão empresarial integrado realiza um gerenciamento de estoque mais preciso e organizado e ajuda a planejar melhor a logística de fretes e entregas. Mas o ERP vai além de cuidar do estoque. 

Assim, o software permite controlar todos os aspectos do negócio, fazer a gestão financeira, integrar áreas, promover maior visibilidade de operações e processos, redução de custos e, por fim, melhores resultados com aumento de vendas e lucros.

Por exemplo, com funções contábeis e financeiras, o ERP para ecommerce pode calcular impostos e gerar boletos automaticamente. Além disso, coleta e analisa as informações de clientes, pedidos, finanças, vendas e estoque e permite elaborar estratégias mais direcionadas para os consumidores.

Leia também: Por que a sua empresa precisa do sistema de gestão de estoque? Entenda!

Principais aplicações do ERP para ecommerce no controle de estoque

Depois de ter uma noção ampla da utilização do ERP para ecommerce, vamos ver como o sistema pode ajudar no controle do estoque. Confira as principais aplicações:

1. Estoque integrado

Com um único sistema, os gestores podem realizar diversas atividades relacionadas à gestão de estoque como falamos anteriormente, indo desde a compra de matéria-prima do fornecedor até a entrega do produto ao cliente final.

Com isso, é possível fazer todos os registros de mercadorias, cadastro de produtos e fornecedores, entrada de notas fiscais, gerenciamento dos pedidos de compras, entre outros.

2. Redução do volume e custo de estoque

Muitos comércios sejam presenciais ou eletrônicos costumam manter grandes volumes de estoque para evitar a falta de produtos e perda de vendas. Entretanto, isso gera um alto custo. Mas, com o ERP para ecommerce, você conta com um controle mais assertivo e saberá exatamente quando é necessário fazer novos pedidos para fornecedores para não ficar sem mercadorias.

Como resultado, evita-se o armazenamento em excesso, caem as despesas de estocagem e sobram recursos para a empresa.

Saiba mais: ERP para ecommerce: como o sistema facilita a gestão empresarial

3. Cumprimento dos prazos de entrega

Nas lojas virtuais, dois grandes problemas e desafios estão relacionados às entregas. São os atrasos e o consequente cancelamento de vendas. Para cumprir com os prazos e atender os clientes com maior precisão, o sistema ERP novamente é uma ferramenta poderosa, pois integra as operações de vendas, estoque, comunicação com o cliente e entregas, mostrando a evolução do pedido.

Assim, o software garante maior segurança nos processos e auxilia na satisfação e fidelização dos consumidores.

4. Análise do estoque

Além de apoiar a parte organizacional e operacional, o ERP para ecommerce é essencial para monitorar os indicadores e os resultados apresentados pela loja como um todo e nos diferentes setores, como o estoque. Com isso, o sistema automatiza o cálculo e facilita a análise de números como o giro de estoque e o nível de estoque mínimo.

Imagine só, você, como gestor do ecommerce, tendo esses dados em relatórios precisos e em tempo real. É muito mais vantajoso do que gastar o tempo de uma equipe para caçar tais indicadores. Ou seja, é mais automação, produtividade, menos custos e informação na palma da mão do líder de negócios.

Saiba mais: Como escolher o melhor sistema de gestão de vendas para e-commerce

5. Apoio nas tomadas de decisão

Como vimos, o ERP proporciona maior controle do estoque, monitoramento da operação de armazenamento, logística e entregas e relatórios com indicadores do setor. Dessa forma, os gestores têm tudo o que precisam para identificar problemas, potenciais de melhorias e adotar novas estratégias e mudanças de rumo tanto no estoque como na empresa como um todo.

Neste contexto, as tomadas de decisão serão muito mais precisas, confiáveis e alinhadas com as necessidades do ecommerce. Então, é possível ter uma gestão mais inteligente e estratégica, com foco em inovação tecnológica e melhor gestão empresarial.

Benefícios do ERP para ecommerce no estoque e no negócio

Fica claro que o sistema ERP promove vantagens para facilitar o desenvolvimento e crescimento dos negócios no comércio eletrônico. Entre as principais, estão:

  • Minimização de erros e falhas;
  • Automação dos processos;
  • Aumento de produtividade e agilidade;
  • Maior eficiência no controle do estoque;
  • Roteirização de entregas e acompanhamento de pedidos;
  • Melhora no relacionamento com clientes;
  • Monitoramento de indicadores e relatórios em tempo real;
  • Gestão remota com maior mobilidade.

Conheça o SAP Business One

Melhor opção de ERP para ecommerce, o SAP Business One conta com todas as vantagens e funcionalidades do sistema de gestão empresarial integrado, completo e na nuvem, promovendo um controle de estoque eficiente na loja virtual.

O software integra a gestão de vendas, compras, estoque, clientes, gerenciamento financeiro e fluxo de caixa, tudo com acesso online e em tempo real. Além disso, a implementação é fácil, acessível e de forma 100% remota para garantir os melhores resultados.

Parceira global da SAP, a be one solutions te ajuda na implementação do sistema no seu ecommerce com desenvolvimento de projetos personalizados. Temos grande experiência, com mais de 200 especialistas no mundo e mais de 450 implementações em 60 países. 

Entre em contato agora mesmo e comece a evoluir a gestão do seu ecommerce com o SAP Business One!

Baixe agora nosso infográfico e conheça os principais dados sobre gestão de distribuição e logística para otimizar sua operação.
Sumário
    Add a header to begin generating the table of contents
    logo
    Scroll to Top